O que é TCC

O que é Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)?

 

A terapia cognitivo-comportamental (TCC), foi desenvolvida pelo psiquiatra Aaron Beck no início dos anos 1960 nos Estados Unidos. É um modelo de psicoterapia que apresenta evidências científicas de eficácia para o tratamento de diversos transtornos psiquiátricos. Isso contribuiu para que ela fosse recomendada por várias organizações, entre elas, a Organização Mundial de Saúde (OMS), como um tratamento eficaz para diversos transtornos, tais como: transtornos de ansiedade, depressão, entre outros. Dependendo da gravidade de alguns transtornos, a TCC pode ser associada ao tratamento farmacológico feito por um médico psiquiatra.

Características

A TCC é uma abordagem estruturada, diretiva, focada no aqui e agora (resolução de problema), que possui prazo limitado e que ocorre de forma colaborativa entre (cliente-terapeuta). Além disso é psicoeducativa, com feedback constante do cliente, estruturação nas sessões e planos de ação.

Autonomia

Desta forma, ainda que o cliente tenha apenas uma sessão semanal de terapia, seu tratamento está sendo intensificado diariamente com estes planos entre as sessões. Com isso, vai aprendendo estratégias cognitivas e comportamentais, construindo novas habilidades e consequentemente, mais autonomia em sua vida, para lidar com as situações que lhe causam sofrimento.

Como Funciona esse modelo?

Pensamentos, emoções, comportamentos e crenças 

A premissa básica da TCC é a de que os pensamentos que nós temos nos afetam emocionalmente e comportamentalmente e que eles são originados de crenças rígidas sobre nós mesmos, que vamos construindo desde nossa infância. Essas crenças muitas vezes disfuncionais, são o resultado da interação da predisposição genética com uma série de situações do ambiente. E assim, as situações que causam sofrimento vão sendo evitadas ou enfrentadas de maneira inadequada durante a vida.

Ciclo Vicioso 

Isso acaba se tornando um padrão e a pessoa tem dificuldade em agir de forma diferente, gerando assim um ciclo vicioso de sofrimento e potencializando as crenças negativas que ela tem de si mesma.

Objetivo da Terapia

Reestruturar 

Os pensamentos negativos, perturbadores, são comumente percebidos em clientes com diagnóstico de transtornos de ansiedade, depressão, entre outros. A terapia orienta o cliente na identificação e flexibilização de pensamentos, emoções, comportamentos e crenças, que geralmente não possuem fundamento real, podendo representar apenas uma percepção errônea de si mesmo ou de situações vivenciadas em sua vida.

Amplitude 

Portanto, o objetivo central da terapia é ampliar o campo de percepção do cliente, para que ele possa vivenciar outros pontos e maneiras de ver as situações e assim, possa ser capaz de criar novas maneiras de perceber e estar no mundo e viver a vida com plenitude.

Em resumo

Embora a TCC pareça acessar somente os pensamentos e aliviar os sintomas, ela é bem mais ampla. De fato que, inicialmente o foco é a redução dos sintomas para resolver o problema que se apresenta e que está causando sofrimento psicológico no dia-a-dia do cliente. Porém, em segundo momento, o terapeuta precisa buscar a raiz desses pensamentos através da investigação das crenças que foram construídas desde a infância e dessa forma, desenvolver mudanças em um nível mais profundo e duradouro.